A Osteopatia foi criada pelo médico americano Andrew Taylor Still no final de século XIX. Está fundamentada no conceito de que todos os sistemas do corpo humano funcionam de forma integrada. Se uma das partes está limitada, as restantes deverão sofrer adaptações e compensações, eventualmente levando à inflamação, à dor, à rigidez e a outros problemas de saúde.  Tem como princípio basilar o poder de auto-cura do corpo humano. Com isso o objetivo de suas técnicas é devolver a função específica de cada tecido restrito e assim, melhorar o funcionamento e a capacidade do corpo de encontrar a própria cura..O terapeuta com a formação em Osteopatia é capaz a diagnosticar e corrigir as disfunções nos tecidos ósseo, muscular, neural, facial e ligamentar.